Details, Fiction and frases de motivacao

• que promova interações sociais, pois o ser humano tem necessidade intrínseca do outro para seu desenvolvimento potencial e como ser relacional e dialógico.

Embora a deficiência intelectual seja um desafio no ensino escolar em confront de seu objetivo curricular, tanto na sala de aula comum quanto no atendimento educacional especializado, é possível estabelecer um contexto pedagógico prolífico tendo em vista os objetivos educacionais de desenvolvimento pessoal e formação acadêmico-profissional, cultural e cidadã. Portanto, fato é que a didática no ensino do aluno com deficiência intelectual precisa ser específica não só em relação às peculiaridades do quadro da deficiência, como também em relação à individualidade de cada sujeito. De qualquer modo, mesmo que a deficiência intelectual não permita sua reversão completa, uma vez que consiste em um desenvolvimento neurológico deficitário, avanços escolares são possíveis.

A terminologia da área dos transtornos da aprendizagem e do desenvolvimento define deficiência como uma condição resultante de um impedimento, ou seja, como uma limitação em algum nível que compromete determinados desempenhos (OMS, 1995; AMERICAN PSYCHIATRIC Affiliation, 1995; SASSAKI, 2005). Assim, deficiência corresponde a uma habilidade em déficit, uma perda ou uma anormalidade (no sentido estrutural, estatístico, e não cultural, como nas noções pejorativas de bom e ruim).

Quando o assunto é o ensino escolar dos alunos com deficiência intelectual, não é raro o questionamento sobre o modo de trabalhar com tais alunos. Para tanto, este artigo procura apresentar uma descrição e uma compreensão acerca das características da deficiência intelectual em relação ao quadro principal de prejuízo cognitivo (as enjoyableções intelectuais) e adaptativo (as entertainingções sociais, emocionais e práticas), para, então, definir as possibilidades da prática pedagógica no contexto escolar. O estudo foi construído a partir de uma pesquisa bibliográfica sobre a área da deficiência intelectual, dos transtornos da aprendizagem e do desenvolvimento, da inclusão escolar e do ensino especializado.

As limitações e possibilidades educacionais do aluno com deficiência intelectual não requerem intervenções complexas em relação às práticas pedagógicas comuns, mas exigem do more info professor uma atuação mais próxima, frequente e distinct em relação a cada objetivo escolar e às habilidades envolvidas para que as metas se realizem.

• que make use of atividades em blocos para que o aluno siga uma única instrução (aquela própria da atividade em questão), de modo que ele não tenha outros elementos que desviem a atenção e, assim, conclua toda a atividade, possa prosseguir com as demais (tendo em vista que tal aluno demonstra baixa consistência no desenvolvimento das atividades) e receba o reforço imediato;

Nos casos de deficiência intelectual, observa-se alta possibilidade e importância do ensino e da aprendizagem de comportamentos socialmente considerados adequados;

Além disso, é necessário trabalhar com a família as competências almejadas na escola, a fim de reforçar a memorização;

• em que o professor leve o aluno a pensar e verbalizar sobre aquilo que está sendo transmitido, uma vez que, na deficiência intelectual, o processamento da informação ocorre mais por recepção do que por ativação (ação) - o raciocínio lógico é possível desde que estimulado para tal. Além disso, tal estratégia gera consciência perante aquilo que está em aprendizagem;

•que compartilhe decisões e objetivos escolares com a família, inclusive para incentivar a responsabilidade e o envolvimento dos pais em práticas de ensino fora do ambiente escolar.

• com atividades mais tranquilas nos momentos de maior enfoque nos conteúdos curriculares, uma vez que o estado emocional livre de tensão, estresse, medo, irritabilidade e ansiedade pode permitir maior atenção e concentração;

A educação inclusiva assumiu fortemente essa responsabilidade de abarcar métodos e reflexões que possam garantir a todo e qualquer aluno o direito à educação formal (escolar). Com o aluno que possui deficiência intelectual não é diferente, mesmo que as características próprias desse quadro impeçam a aquisição suficiente dos conteúdos propostos pelos programas curriculares.

Todas as pessoas que pedem para você não desistir, seguir em frente, não são seus amigos, mas sim anjos que Deus colocou em seu caminho.

Contudo, a determinação de incapacidade do sujeito dependerá da impossibilidade a que essa incapacidade se refere, sendo ela uma condição e, portanto, goível de alteração.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *